noticia / economia

    Brasil volta ao posto de país com maior taxa de juros reais do mundo


    Sábado, 07 de Março de 2015.

  1. O Comitê de Política Nacional (Copom) do Banco Central aumentou nesta quarta-feira (4) a taxa básica de juros em 0,50 ponto percentual, elevando a Selic para 12,75% ao ano. Foi o quarto aumento consecutivo da Selic.

    Com o aumento, os juros básicos da economia chegam ao seu maior patamar desde o início de 2009, há seis anos, e ultrapassa a taxa de 2011, quando o governo iniciou um movimento para reduzir o juro na economia.

    O Banco Central justificou a medida com uma nota explicando que o aumento da inflação influenciou a decisão. “Avaliando o cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic em 0,50 p.p., para 12,75% a.a., sem viés”.

    Segundo o portal G1, o novo aumento faz com que o Brasil volte a assumir o posto de país com a maior taxa de juros reais do mundo. A taxa de juro real é o valor dos juros sem considerar a inflação. O ranking foi feito pela consultoria MoneYou. De acordo com o relatório, a nova alta faz com que o Brasil tenha juro real de 5,28% ao ano. O segundo do ranking é a China (3,18%), seguida por Índia (3,17%). Considerando os 40 países do ranking, a média é de uma taxa real de 1% ao ano.

    A Selic serve como referência para todas as taxas de juro aplicadas no país. Ela é também considerada como uma instrumento de política econômica. Aumentar a taxa de juro ajuda a conter o aumento da inflação. Por outro lado, ela tem um efeito coletaral. O juro mais alto faz com que as empresas diminuam a procura por crédito, reduzindo investimentos e, consequentemente, prejudicando o reaquecimento da economia.

     

    Fonte: Época


    Comentários (0) | Visitas (1101)
  2. Veja Tambem

  3. Comentários

  4. Ainda não há comentários, Seja o Primeiro a Comentar
  1. AG SHOPP

  2. » «
  • R$ 20,00
    COMPRAR
    Camisas
  • R$ A Partir de 60,00
    COMPRAR
    Banner